Tipos de Fraldas

R-Evolução do pano

As fraldas de pano percorreram um longo caminho desde o tempo onde nossas avós espetavam dedos e faziam origami em tecidos de gaze. Alfinete e fita crepe deram lugar ao velcro e botões de pressão, fazendo com que as fraldas de pano se tornassem tão práticas quanto às fraldas descartáveis.

Foi em busca de praticidade e eficiência que os tecidos foram se transformando e ficando cada vez mais funcionais e de fácil manutenção.

O plástico foi substituído pelo PUL, um tecido laminado para evitar vazamentos, mas que sobretudo torna as fraldas leves, mais fresquinhas e ventiladas, e muito mais confortáveis para os bebês.

O fleece ou suede é a parte que faz contato com a pele do bebê. São tecidos macios e resistentes a manchas que afastam a umidade da pele deixando a sensação de seco. Não provocam alergias e ajudam a pele a ficar livre de assaduras.

O algodão foi substituído pela microfibra que tem uma capacidade incrível de absorção, torna as Fraldas tão eficientes quanto as descartáveis sem tirar a umidade natural da pele.

bebê deitado usando a fralda Dipano

As fraldas modernas vão direto para a máquina de lavar e do varal para a gaveta como qualquer outra roupinha do bebê. Ficam prontinhas para serem usadas, sem necessidade de dobras ou uso de calça plástica.

Há tantos prós em usar fraldas de pano que, fralda de pano, deveria ser a primeira escolha. Seu bebê vai usar fraldas 24 horas por dia, durante 2 anos ou mais. Escolher pano ou descartável para o seu bebê é uma grande decisão, mas não precisa ser a mais difícil!

Depoimentos

Acesse aqui os depoimentos dos nossos clientes!
Voltar para o topo da página